Pagina Inicial Institucional Serviços Notícias e Eventos Contato Facebook Otorrino Fisio Center
Ronco e Apnéia Obstrutiva do Sono

Ronco e apnéia são distúrbios do sono que estão relacionados com a passagem do ar pelas vias aéreas superiores. No ronco, ocorre vibração das estruturas e tecidos da orofaringe. Já na apnéia obstrutiva do sono ocorre a interrupção ou diminuição do fluxo de ar nas vias aérias superiores devido a um estreitamento da luz da faringe que pode ocorrer em diferente sítios.

Durante o sono, o tônus muscular do pescoço e da faringe diminuem. Isso causa um estreitamento do espaço faríngeo e o volume de ar necessário precisa ser inspirado a uma velocidade maior, ocorrendo a vibração de tecidos moles como palato mole, úvula, língua e outros. Essa vibração dos tecidos gera o som característico do ronco. Quando não é acompanhado de apnéia, o chamamos de ronco primário.
apnéia obstrutiva do sono é a interrupção da respiração pelo fechamento da passagem do ar ao nível da faringe . Aapnéia é geralmente caracterizada por eventos de pausas respiratórias que duram mais que 10 segundos e que são consideradas anormais quando ultrapassam a frequência de 5 por hora de sono. A apnéia obstrutiva do sono pode ser um distúrbio provocado por alterações anatômicas e pela diminuição de atividade dos músculos dilatadores da faringe .

Na criança a apnéia obstrutiva do sono  é diferente do adulto. Em geral, há alterações anatômicas, como o aumento das adenóides e amígdalas, que podem ser corrigidas com cirurgia. Em adultos, as alterações anatômicas podem não ser tão bem localizadas e fatores neuromusculares podem ter papel importante com ocorrem no envelhecimento e após a menopausa. Além disso, a obesidade é um fator que agrava o quadro da apnéia obstrutiva do sono. Essas alterações levam ao estreitamento das vias respiratórias superiores gerando as apnéias, ou pausas respiratórias.

O diagnóstico do Ronco e da Síndrome da apnéia obstrutiva do sono é feita pela Polissonografia (estudo do sono). A história clínica relatada pelo companheiro(a) ou familiares do paciente, também é fundamental no diagnóstico. Exames complementares como a nasofibrolaringoscopia e exames de imagem como a tomografia computadorizada de nariz e face são importantes na determinação dos possíveis locais de obstrução da via aérea.  Os sintomas mais frequentes da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono são: histórico de ronco alto, interrompido por paradas respiratórias durante o sono (observadas por quem convive com a pessoa) e hipersonolência diurna. Também podem ocorrer: sono agitado, aumento da frequência de urinar a noite, alterações de memória e raciocínio, e impotência sexual.

O tratamento do Ronco e da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono varia de acordo com a gravidade e intensidade do distúrbio constatado na Polissonografia. Nos casos de ronco primario e apnéia leve o tratamento é feito com medidas conservadoras higiene do sono, emagrecimento e aparelhos intraorais. Já nos casos moderados e graves estão indicados os aparelhos de pressão positiva (CPAP) e ,em alguns casos, o tratamento cirúrgico.

Todas as informações fornecidas neste website têm caráter meramente informativo, com o objetivo de complementar, e não substituir, as orientações do seu(sua) médico(a).

 

Agende uma Visita clicando aqui!

Comente usando seu Facebook

Serviços
11 de Novembro dia nacional do Zumbido    
DIA 18 DE OUTUBRO DIA DO MÉDICO    
Dia 21 de Setembro e o dia Nacional de Luta Das Pessoas Com Deficiêcia    
Dia 29 de Agosto Dia Nacional de Combate ao Fumo    
Ministério lança protocolo de Atenção à Saúde para Microcefalia    
Dia 31 de Maio Dia Mundial Sem Tabaco    
O QUE DEVO FAZER PARA ADQUIRIR O APARELHO AUDITIVO PELO SUS?    
Dia 29 de Abril Dia Internacional de Conscientização Sobre o Ruido    
21 de março: Dia Mundial do Sono    
3 de Março Dia Mundial do Cuidado Auditivo    
A HISTORIA DO IMPLANTE COCLEAR    
Evolução dos Aparelhos Auditivos    
Dia 10 de novembro dia Nacional de Combate a Surdez    
CÂNCER DE LARINGE    
DICAS PARA CUIDAR DA SAÚDE NO FRIO    
Exposição ao frio pode agravar doenças respiratórias    
VERTIGEM POSICIONAL PAROXÍSTICA BENIGNA    
Surdez e Depressão    
Surdez Unilateral    
Como saber se você precisa usar aparelho auditivo?    
Cinco motivos para usar aparelho auditivo    
PERDA AUDITIVA RELACIONADA AO TRABALHO (PAIRO)    
Cirurgia do Implante Coclear    
Ronco e Apnéia Obstrutiva do Sono    
Epistaxe    
Doença de Ménière    
Descongestionante nasal pode viciar e causar rinite medicamentosa    
Meu tímpano perfurou, e agora?    
Otite gera dor no ouvido e pode causar surdez    
Calendário da Saúde    
Dicas para uma boa saúde auditiva    
Teste da Orelhinha    
Serviço de atenção a saúde auditiva de média e alta complexidade    
Dicas e Saúde    
SASA e PSF    


















Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia Otorrinofisiocenter - Saúde Auditiva ® 2013. Todos os direitos reservados.   Administração  Webmail
PÁGINA INICIAL | INSTITUCIONAL | SERVIÇOS | NOTÍCIAS E EVENTOS | FALE CONOSCO
Rua Santa Maria, 86, Centro, Montes Claros (MG), CEP: 39.400-100
adm@otorrinofisiocenter.com.br - (38) 3218-5000 - 3213-3237 - 3218.5001 - 3218.5002 - 0800 032 3237 - 3084.2619